Pesquisa por categoria ou data
Selecionar categorias
Selecionar datas

First Data Divulga os Resultados Financeiros do Primeiro Trimestre de 2015

Rendimento do 1T consolidado em US$ 2,7 bilhões, um crescimento de 2% ano a ano; US$ 1,7 bilhão em receita ajustada, crescimento de 2% ou crescimento de 5% excluindo impactos da moeda

EBITDA do 1T ajustado em US$ 563 milhões, redução de 8% ou redução 6% sem os impactos da moeda, principalmente devido a investimentos relacionados ao crescimento

Perda líquida do 1T de US$ 112 milhões melhorou em US$ 89 milhões, ou 44%; receita líquida ajustada de US$ 40 milhões melhorou em US$ 49 milhões.

Implementar a iniciativa de gestão estratégica de despesas para gerar economias calculadas para o ano em US$ 200 milhões.

ATLANTA, 4 DE MAIO DE 2015 - A First Data Corporation informou hoje os resultados financeiros do primeiro trimestre, que terminou em 31 de março de 2015. O rendimento consolidado do primeiro trimestre foi de US$ 2,7 bilhões, aumento de 2% em relação ao período do ano anterior. A receita ajustada, teve aumento de 2% em relação ao período do ano anterior para US$ 1,7 bilhões ou 5% sem os impactos da moeda, comparado a 4% para todo o ano de 2014.

Os lucros ajustados antes de juros, impostos, depreciação e amortização (EBITDA ajustado) foram de US$ 563 milhões, redução de 8% contra o período do ano anterior ou 6% sem os impactos da moeda, já que o crescimento da receita foi compensado pelo aumento das despesas como resultado dos contínuos investimentos relacionados ao crescimento e à não repetição de US$ 17 milhões de créditos de despesas no período do ano anterior. A margem de EBITDA para o trimestre foi de 34%, uma redução de 3 pontos percentuais com relação ao ano anterior.

"Nosso primeiro trimestre refletiu o bom momento dos negócios e validou nossa estratégia"," disse o Presidente do Conselho e CEO Frank Bisignano. "Continuamos a investir agressivamente em áreas chave do nosso negócio, tais como a distribuição e novos produtos, e estamos começando a ver o crescimento dos rendimentos com estes investimentos".

A First Data também anunciou uma iniciativa de gestão estratégica de despesas para otimizar sua base de despesa calculada para o ano em US$ 200 milhões em meados de 2016. Os custos de reestruturação antecipados serão de US$ 75 milhões, principalmente em dinheiro, e serão confirmados no segundo trimestre de 2015. A empresa continuará a investir em iniciativas estratégicas de crescimento em todos os segmentos.

No primeiro trimestre, a perda líquida tributável da First Data foi de US$ 112 milhões, uma melhora de 44% da perda de US$ 201 milhões no período do ano anterior. Chegar à melhoria ano a ano deveu-se a reduções nos custos de juros e impostos sobre rendimentos, bem como um aumento em outros rendimentos. A mudança de trimestre a trimestre da receita líquida para a receita bruta foi amplamente conduzida pela variação sazonal nos rendimentos.

A receita líquida ajustada, que modifica a receita líquida para itens como a amortização de aquisição de intangíveis, remuneração baseada em ações, custos de reestruturação e outros itens, foi de US$ 40 milhões, aumento de US$ 49 milhões comparado ao período do ano anterior.

Para o primeiro trimestre, a empresa teve um uso líquido de US$ 102 milhões em fluxo de caixa de operações após US$ 561 milhões em pagamentos de juros de caixa. A empresa terminou o trimestre com US$ 687 milhões de liquidez irrestrita.

Resultados por Segmento
Soluções
a receita do segmento do primeiro trimestre foi de US$ 888 milhões, aumento de 4% em relação ao período do ano anterior, impactada negativamente por um ponto percentual (ou US$ 13 milhões) devido à venda da Electronic Funds Source (EFS). A receita de aquisição de mercado aumentou 6% em relação ao período do ano anterior, devido ao crescimento das transações e a receita de nosso conjunto comercial de soluções. A receita de produto diminuiu 3% em relação ao ano anterior, impactada negativamente em 6 pontos percentuais devido à venda da EFS; a solidez na receita de equipamento foi parcialmente compensada pela redução contínua no processamento de cheques. O EBITDA do segmento foi de US$ 368 milhões, mais ou menos igual ao período do ano anterior, principalmente devido a investimentos na distribuição e inovação, e impactada negativamente em US$ 6 milhões devido à venda da EFS. A margem de EBITDA para o primeiro trimestre foi de 41%, redução de 2 pontos percentuais em relação ao ano anterior.

Serviços financeiros a receita do segmento para o primeiro trimestre foi de US$ 372 milhões, aumento de 7% em relação ao ano anterior, atingido pelo benefício contínuo de novos ganhos comerciais, crescimento em portfólios existentes e receita de rede. O EBITDA do segmento foi de US$ 180 milhões, aumento de 4% em relação ao período do ano anterior. A margem de EBITDA para o primeiro trimestre foi de 48%, redução de 2 pontos percentuais em relação ao ano anterior, devido a investimentos.

Internacionala receita do segmento do primeiro trimestre foi de US$ 398 milhões, redução de 5% em relação ao período do ano anterior. Em uma base constante da moeda, a receita teve aumento de 7% em relação ao ano anterior. Em uma base constante da moeda, a receita de aquisição de mercado teve aumento de 11%, devido ao crescimento de volume, e a receita de emissão teve aumento de 3%. O EBITDA do segmento foi de US$ 97 milhões, redução de 24% em relação ao período do ano anterior e redução de 16% em uma base constante da moeda, devido ao aumento de investimentos, mais especialmente no Brasil. A margem de EBITDA para o primeiro trimestre foi de 24%, redução de 6 pontos percentuais em relação ao ano anterior. O ano anterior foi impactado positivamente pelos créditos de despesas que impactaram positivamente a margem do período do ano anterior em 4 pontos percentuais e o EBITDA em US$ 17 milhões.

Medidas financeiras em desacordo com os princípios contábeis geralmente aceitos (Non-GAAP)
Em certas circunstâncias, foram apresentados resultados que não são medidas GAAP (princípios de contabilidade geralmente aceitos) e devem ser considerados uma adição, não uma substituição, aos resultados reportados pela empresa. As reconciliações para medidas GAAP equivalentes estão disponíveis nas programações anexas e na seção "Relações com Investidores" do site da empresa em investors.firstdata.com.

Conference Call com investidores
A empresa realizará uma conference call e webcast ao vivo com uma sessão de perguntas e respostas na segunda-feira, 4 de maio de 2015, às 17h, horário padrão do leste, para analisar os resultados financeiros do primeiro trimestre de 2015.

Para ouvir, ligue para (800) 708-4540 (EUA) ou (847) 619-6397 (fora dos EUA); senha 39273201, pelo menos 10 minutos antes de iniciar a conferência. A conferência será transmitida via web na seção "Relações de investidores" no site da First Data em investor.firstdata.com e também estará disponível no site uma apresentação de slides para acompanhar.

Uma reprodução da conferência estará disponível até 19 de maio de 2015 em (888) 843-7419 (EUA) ou (630) 652-3042 (fora dos EUA); senha 39273201 e via web em investor.firstdata.com.

Observe que: Além da reprodução, a First Data não autoriza, e se isenta de responsabilidade por qualquer gravação, reprodução ou distribuição de qualquer transcrição desta conferência.

Sobre a First Data
A First Data é líder mundial em soluções de serviços e tecnologia de pagamentos. Com 23.000 colaboradores e operações em 35 países, a empresa oferece tecnologia de pagamento inovadora e segura e serviços para mais de 6 milhões de comerciantes e instituições financeiras em todo o mundo, desde pequenos negócios até as maiores empresas mundiais. Hoje, negócios em todo o mundo confiam na First Data para assegurar e processar quase 2.000 transações financeiras por segundo. A inigualável infraestrutura e parceria da First Data vão "além da transação", com tecnologia de última geração alimentada por uma poderosa análise para detectar fraude, obter insights sobre gastos do consumidor e fortalecer a fidelização de clientes. Todos os dias a First Data ajuda seus clientes a prosperar no mundo em evolução do comércio.

Contato

Glenn Fodor, CFA
Relações com investidores
First Data
(212) 515- 0278
investor@firstdata.com
 
Liidia Liuksila
Relações Públicas
First Data
212-515-0174
Liidia.Liuksila@firstdata.com
Fique em dia com as novidades da FIRST DATA