A First Data Corporation e suas subsidiárias e afiliadas (coletivamente, a "Empresa") protegem a privacidade dos nossos candidatos a postos de trabalho, funcionários, ex-funcionários, dependentes e beneficiários dos funcionários e dos ex-funcionários, contratados e trabalhadores temporários ("Titulares dos Dados") com bastante seriedade. A Empresa coleta e processa as informações referentes aos titulares dos dados no que respeita ao seu relacionamento de trabalho ou pedido de emprego junto à Empresa ("Dados de Emprego"). A Empresa coleta e processa os Dados de Emprego seguindo as leis de proteção de dados em vigor, incluindo a Diretriz de Proteção aos Dados (Diretriz 95/46/EC) da União Europeia (UE), postas em vigor pela lei nacional de cada um dos países membros da UE, pelas leis de outros países que tratam da proteção de dados, com as leis dos diversos estados dos Estados Unidos e com os Princípios de Privacidade estabelecidos pelo Safe Harbor Framework [conjunto de leis e regulamentos elaborados pelos Estados Unidos para compatibilizar a sua política de proteção aos dados pessoais com a legislação da UE].

1. Notificação e Escolha

A Empresa informa aos titulares dos dados os motivos pelos quais os dados de trabalho são coletados e como eles serão usados. Os Dados de trabalho são coletados e usados de maneira criteriosa e legal e de acordo com esta Política e com as notificações feitas.

A Empresa coleta e processa os dados de trabalho somente para fins de controle das relações de emprego, para a realização de atividades comerciais legítimas, quando obrigada por lei ou para os fins pertinentes às políticas corporativas. A Empresa não processará os Dados de trabalho de forma incompatível com tais fins.

A Empresa somente poderá revelar os Dados de trabalho a terceiros para os fins acima declarados. Exemplos dos tipos de terceiros aos quais a Empresa poderá revelar os Dados de trabalho incluem as entidades do governo, quando solicitado, e os fornecedores que atendem a Empresa com referência à administração dos benefícios, do treinamento, controle do desempenho, da segurança, à coleta de dados e a questões semelhantes do funcionário.

A Empresa procurará obter a concordância dos titulares dos dados, antes de usar os Dados de trabalho para qualquer outro fim, com exceção dos fins para os quais a Empresa é obrigada a processar os dados por qualquer exigência legislativa ou regulamentar.

A empresa obterá consentimento escrito do Titular dos Dados antes de processar Dados de trabalho sensíveis, exceto quando o processamento for necessário para o exercício dos direitos e das obrigações da Empresa na área do direito trabalhista, ou quando o consentimento não for necessário de acordo com a lei em vigor.

Os Dados de trabalho coletados pela Empresa são necessários para fins comerciais, inclusive para a administração das relações de emprego. Portanto, o não fornecimento dos Dados de trabalho poderão desqualificar uma pessoa para a obtenção de emprego ou participação em certos planos e programas da Empresa.

2. Transferência para Terceiros

Quando o processamento dos Dados de trabalho é terceirizado pela Empresa a um terceiro, a Empresa escolherá terceiros confiáveis, e o processamento estará sujeito a contratos escritos entre a Empresa e os terceiros que processarão os dados. Esses contratos escritos especificam os direitos e as obrigações de cada uma das partes, e eles estipularão que o terceiro dispõe de medidas de segurança adequadas implantadas, e que ele somente processará os Dados de trabalho mediante instruções específicas e por escrito da Empresa. A Empresa também poderá transferir os Dados de trabalho para terceiros, conforme exigido pela lei ou por instrumento legal, para proteger os direitos ou a propriedade da Empresa, para facilitar a aquisição ou a disposição dos negócios da Empresa e nas emergências, quando a saúde ou a segurança de uma pessoa estiver ameaçada.

A Empresa não vende, aluga, compartilha, negocia ou revela nenhum dado de trabalho por ela mantido referente a um titular de dados a nenhuma outra pessoa sem a anuência prévia e escrita do titular dos dados, com exceção dos órgãos internos da Empresa e de quaisquer fornecedores ou vendedores que a Empresa tenha contratado para prestar serviços e que estejam envolvidos no processamento dos Dados de Emprego em nome da Empresa.

Os dados pessoais não serão transferidos para um país ou território, quando coletados num país ou território que considere o país ou o território recipiente como tendo lei(s) de proteção aos dados inadequada(s), a menos que medidas adequadas sejam tomadas para proteger os direitos e a liberdade dos titulares dos dados com referência ao processamento dos dados pessoais.

3. Acesso e Integridade dos Dados

Os Titulares dos Dados têm o direito de solicitar o acesso aos Dados de trabalho a eles referentes detidos pela Empresa. Mediante solicitação, e após apresentar prova de identidade, será permitido o acesso das pessoas aos seus Dados de trabalho, quando proporcionais e conforme exigido pela lei em vigor.

A Empresa deverá processar os pedidos de acesso no curso normal do expediente e de acordo com a lei em vigor, e esta se certificará que de que quaisquer pedidos justificados de informações serão tratados de forma imediata e imparcial.

A Empresa envidará os devidos esforços para garantir que os Dados de trabalho sejam corretos, adequados, pertinentes e sem excesso para os fins para os quais eles são processados.

A Empresa envidará os devidos esforços para garantir que os Dados de trabalho sejam mantidos pelo tempo que não seja além do necessário para o fim para o qual eles estão sendo processados.

4. Segurança

A Empresa adota medidas técnicas, físicas e organizacionais para proteger os Dados de trabalho contra a destruição acidental ou ilegal, ou a perda ou a alteração acidental, ou a revelação ou o acesso não autorizados (particularmente, quando o processo envolver a transmissão dos Dados de trabalho por meio de uma rede).

A empresa garante um nível de segurança adequado ao risco representado pelo processo e pela natureza dos Dados de trabalho a serem protegidos, levando na devida conta o estado da arte e as medidas de custo.

A Empresa não transmitirá os Dados de trabalho pela Internet pública usando um método que não seja razoavelmente seguro contra as pessoas que venham a tentar interceptá-los. Os Dados de trabalho não serão, por conseguinte, transmitidos numa forma não codificada no corpo de uma mensagem de e-mail ou como anexo a ela que deseja transmitida sem codificação por meio da Internet pública.

5. Tratamento dos Dados de Emprego Sensíveis

O acesso aos Dados de trabalho sensíveis* será restrito aos funcionários da Empresa e a processadores terceirizados que: (1) a Empresa autorize a terem acesso aos Dados de trabalho Sensíveis; (2) precisem ter acesso a esses dados para desempenharem as responsabilidades normais de trabalho ou para prestarem serviços à Empresa; e (3) sejam obrigados pela política da empresa, por contrato ou outra obrigação legal a usarem e revelarem os dados somente conforme autorizado pela Empresa. Os Dados de trabalho Sensíveis somente deverão ser usados para atender as responsabilidades exigidas do pessoal autorizado a acessá-los. Na medida do possível, o número da carteira de identidade do funcionário será usado como o identificador de qualquer funcionário da Empresa, ao invés de contar com os Dados de trabalho Sensíveis para fins de identificação. Os Dados de trabalho Sensíveis serão destruídos de acordo com política de segurança das informações da Empresa e com a política de destruição de documentos confidenciais e referências associadas. Todos os Dados de trabalho Sensíveis serão codificados se forem transmitidos por meios eletrônicos ou protegidos em embalagens se vias impressas forem enviadas pelo correio ou serviço de mensageiros e, se enviadas por fax, as máquinas de envio e recebimento de fax deverão estar localizadas em salas seguras.

A Empresa assume as suas obrigações de proteção de dados com bastante seriedade. Os funcionários receberão treinamento com referência aos direitos e às obrigações referentes à privacidade dos dados, conforme apropriado.

O descumprimento por um funcionário da Empresa desta Política e de todas as leis sobre privacidade em vigor, ou sua abstenção em submeter-se a treinamento, conforme apropriado, constituirá uma transgressão disciplinar grave, sujeita a medidas disciplinares, que poderão incluir demissão.

Se tiver alguma pergunta ou dúvida sobre esta Política ou sobre as políticas e práticas da Empresa aplicáveis à privacidade, entre em contato com o Escritório de Privacidade Global no endereço dataprivacyoffice@firstdata.com.

* "Dados de trabalho Sensíveis" para os fins desta Política significam qualquer tipo de dado de trabalho referente à origem racial ou étnica, opiniões políticas, crenças religiosas ou filosóficas, filiação sindical, dados referentes à saúde ou à vida sexual, dados sobre antecedentes criminais, números da previdência social e outros números identificadores nacionais do titular dos dados.

Segurança corporativa da First Data/Linha direta sobre privacidade de dados

+1 800-368-1000